UM DIAGNÓSTICO DA MEDICINA ATUAL

logo%20medicina

     Eu não gosto de médico. Eu não gosto de doutor. Eu não gosto de freira, eu não gosto de frei. Mas em especial, médicos. Odeio toda a situação e relação paciente-médico. Odeio a posição de superioridade em que a maioria dos médicos se colocam, aquela situação em que você é o doente e eles te olham como se tivessem a cura, mas só vão te dar, se você for bonzinho. Odeio a SUPOSTA ética dos médicos, que para prezarem por ela, deixariam um paciente morrer (ops, cometi um paradoxo, mas eu sou um médico não um escritor, nem ligo!).

     Pra começar. A medicina não te ajuda. Remédios não são seus amigos. Qual foi a última doença que foi extinta, curada de verdade. Sei lá… poliomielite? Acho que foi. Qual foi a última vez que andando pela rua você esbarrou em alguém com pólio? Pode falar, nunca né? Isso porque eles curaram pólio a dezenas de anos atrás! E não curaram mais nada desde então. NADA!

     Por isso que todo e qualquer dinheiro que você pagar para um médico, é muito. Eles não trabalham. Eles não curam absolutamente nada.

     Obviamente a medicina precisa de fundos para financiar seus planos malignos, então como eles conseguem? Remédios. Você vai pro médico, diz o que está sentindo e ele lhe receita um negocinho. Um comprimidinho. Coisa boba. Às vezes o médico até dá alguns de graça, nossa como ele é legal. Sabe quem mais faz isso? Traficantes de drogas. O traficante não ganha dinheiro quando você compra a primeira vez. Ele ganha quando você VOLTA pra pegar mais! Quando você já está viciado, quando a sua vida depende daquilo.

     Exatamente como os médicos, com seus antidepressivos, antigripal, anti-dor, anti-broxada. Todos esses remédios são feitos pra você voltar e tomar mais, eles não curam, não acabam com o problema de vez, só solucionam por tempo o suficiente pra você se sentir bem até a próxima dose. E eles sabem que você vai lá buscar a próxima dose.

     E já reparou como existem remédios hoje em dia? Tem remédio pra tudo! Anúncio na TV é o que não falta. Você espira? Você tosse? Você peida? Arrota? Caga demais? Caga de menos? Você dorme de noite e acorda no dia seguinte? Isso são eles, nos cercando por todos os lados.

     Depois ainda dizem que estão pesquisando a cura da AIDS. Ninguém NUNCA vai curar a AIDS, NUNCA!! Os médicos ainda tão putos com os rios de dinheiro que eles perderam por causa da poliomielite pra curar qualquer coisa. O que vai acontecer é o seguinte, eles vão criar um remédio que vai acabar com os efeitos do HIV. Por um tempo. E então quando você pegar isso vai ter que tomar o remédio todo dia, pro resto da sua vida. Ou morrer. Uau, é o sonho de todo traficante!

     Mas é isso que os médicos são. Traficantes de drogas legalizados. Vendendo as suas drogas legais. Ora, as drogas deles possuem os mesmos efeitos das ilegais, às vezes pior. Algumas te deixam doidão, te dão alucinações, te deixa formigante, fazem dormir. Eu acho que as pessoas só usam maconha até hoje porque é ilegal, pois existem vários remédios que fazem a mesma coisa, mas são absolutamente legais e encontrados em qualquer farmácia.

     Pra falar a verdade, não me assustaria nada se a tal da gripe suína tiver sido feita em laboratório e disseminada para ganhar mais dinheiro com a cura. Cura? Não, um coquetel de remédios que fará passar o efeito por algum tempo, claro.

     Assim, os médicos seguem. Fiquem de olho. Minha dica é, se precisar ir muito para o médico, vá a vários. Exija várias opiniões de diversos médicos. Nunca confie em tudo que um médico diz. E cuidado com o que você toma.

Tags: , , , , , , , , , ,

12 Respostas to “UM DIAGNÓSTICO DA MEDICINA ATUAL”

  1. Karina Mendes Says:

    Olha, eu não ia ficar triste se ganhasse um remédinho agora q me fizesse sair da cama, literalmente! Enfim, como a TV derrete o cérebro mas tb eh uma das únicas opções pro tédio dos doentes d plantão (o/), eu reparei hj a enorme quantidade d propaganda d remédios q passa na TV. Deve ser tipo…um programa mt louco pros hipocondríacos, q soh ligam a Tv pra ver os comerciais.
    Mas eu concordo com vc, tenho pavor absoluto d médicos…e principalmente das pessoas q acham q td q eles falam eh lei e nem pensam em questionar.

  2. Givoleinesom Says:

    vc tava doente perto desses dias?
    aehuiaehuiae
    zueira
    Mas é bem isso mesmo.
    Li um cara uma vez que dizia o seguinte: A medicina (e todas as suas ramificações) é um dos poderes mais incisivos de controle individual e social…


    Bah!

  3. Ricardo Jevoux Says:

    lol Na verdade eu fiquei mesmo doente por esses dias.
    Definiu muito bem o que eu acho da medicina.

  4. Alguém que não é médico Says:

    Dá pra ver nitidamnente no seu texto, uma tremenda inveja…Você gostaria de ser um médico, mas sem competência, coragem ou grana , nunca pode cursar. Fale mal de todos os médicos, até você precisar deles e começar a chamá-los de deuses…É, pimenta nos olhos dos outros é refresco!
    Você nada mais é que um invejoso, que no mínimo é mal sucedido na vida, um perdedor…Dígno de pena!

  5. Ricardo Jevoux Says:

    Hmm… grana é um problema mesmo. Gastar dinheiro com livros que no final das contas vão formar uma marionete dos planos de saúde não me desce na garganta.

    Sabe que, recentemente, eu precisei mesmo de médicos. E pensando bem agora, eu poderia até chamá-los de deuses. A comparação é genial. Ambos são frutos de um conjunto de preconcepções sociais. Ambos tomaram decisões erradas. Ambos são ausentes e ambos foram criados por uma instituição que faz todo mundo pensar que ele criou a instituição. lol

    Nah, eu não tenho inveja. Não dos médicos. Pelo menos não dos médicos que trabalham no Brasil, eu ouvi sobre países em que os médicos ganham por paciênte curado. Isso sim é um sistema de incentivo e nesse caso, eu posso até acreditar que eles trabalham. Mas os daqui, pfff… tenha dó. E vc? Já precisou de uma ambulância? Já precisou de cuidados médicos? Acho que não.

    Recentemente, mt dps de escrever esse post, eu tive o prazer de ver algumas coisas que acontecem no melhor e mais caro hospital do Rio de Janeiro. E acredite, da medo. Nem quero chegar perto de imaginar sobre o pior.

    Quanto a ser mal sucedido na vida, eu novamente, culpo os médicos. Afinal, foi um que me trouxe ao mundo. =)

  6. André Says:

    sem graça…
    texto de ignorante

  7. Gabriel Says:

    Você poderia mudar o título do seu texto para:

    Um Diagnóstico dos problemas que tenho comigo mesmo.

    Procure um psicólogo, já que não é médico, quem sabe não possa te curar?

    Ridícula generalização ‘conformista’, comum a mediocridade brasileira como:

    Políticos são todos corruptos
    Advogados são todos trapaceiros
    Médicos são todos X
    Engenheiros são todos Y

    O que é bom para uma pessoa ranzinza e esnobe como você?
    Acho que só você mesmo… então fica a sugestão

    Procure um Psicólogo.

  8. armando (alguém que vai ser médico) Says:

    concordo com o texto em gênero, número e “degrau”. eu ainda sou idealista a ponto de odiar médicos. meu pai é médico. sei bem das coisas que acontecem em um consultório. médico é uma desgraça por tudo isso. para eles é apenas um trabalho. falta compromisso com a população. mas grande parte do problema com a medicina no brasil (e quem sabe no mundo todo) é o sistema. o sus é incoerente o bastante para querer formar médicos generalistas para o PSF, mas não se preocupa tanto com a introdução de vacina para pneumonia no calendário básico de vacinação. o negócio é vacina. é esgoto tratado. é água tratada. educação de trânsito. educação alimentar. educação física. sexual. e, na boa… o país não está preocupado com medidas que vão reduzir a mortalidade em 20 anos. isso pq eles têm apenas mais 3, 2 ou 1 ano para conseguirem se reeleger. infelizmente. enquanto isso, a saúde é governada pelos médicos e nós sabemos o quanto os médicos são vaidosos e independentes uns dos outros.

  9. Ricardo Jevoux Says:

    Ok, eu deixei o pessoal me odiar à vontade nesse post tem bastante tempo.

    Eu posso ser ignorante (e o texto também), posso ter problemas comigo mesmo, posso precisar de um psicólogo (e estou à procura), sou sem dúvida ranzinza e sei lá.. esnobe, talvez?

    Mas eu só tenho uma palavra pra vocês: Abdelmassih. O médico estuprador. =D
    (Pra quem não conhece = http://whothehelliscely.wordpress.com/2009/08/14/caso-abdelmassih-o-medico-estuprador/ )

    Ora, é ÓBVIO que isso é uma generalização, como com os políticos, advogados e engenheiros (malditos!) mas se você sabe e ENTENDEU que é uma generalização, pra que apontar? Eu escrevi para realmente generalizar, caramba. Eu não tive tempo ainda de catalogar cada droga de médico em ordem alfabética desse país.
    E mais uma, desde os comentários até recentemente, saiu muuuita coisa nova sobre a classe nos jornais que, vejam só, confirmam a minha opinião.

    Por isso, vocês, que devem ser estudantes de medicina, recém formados ou só hipocondríacos de plantão, suas opiniões são extremamente bem vindas. Voltem sempre, me recomendem um bom psicólogo na próxima visita e aproveitando, caso sejam mesmo da área médica, olhem melhor ao seu redor , olhem com bastante atenção e o façam para MELHORAR sua atuação com aqueles que precisam de vocês. Não sejam cegos somente para fingir uma pretensa perfeição no mundo.

    Abraços.

  10. Futuro Dr. Micah Says:

    Ok…
    Você tem o direito de dizer o que pensa, quando e onde…
    Ninguém pode tirar de você o livre-arbítrio de ir e vim, de falar e não-falar, de ouvir e não-ouvir…
    Mas com certeza não não tem o direito de falar mal dos médicos, logo eles, que com certeza também você vai precisar antes de partir dessa para melhor…
    Independente de bom ou ruim, são médicos e eles é que se responsabiliza pela sua vida…
    A Medicina foi deixada por Deus nesta terra pra te curar, portanto pense antes de criticar…
    “Se não puder falar bem de algo, esquece-o”

  11. Ricardo Jevoux Says:

    “Se não puder falar bem de algo, esquece-o”

    E serio? Voce so fala bem das coisas? Nunca critica o que esta errado? Nunca xinga ou fica puto com o que e obviamente incorreto?

    Eu sinto muito, mas se isso for verdade, vc e um ignorante e eu tenho pena de voce.

  12. Larissa Lobo Says:

    Este é um bom texto, certamente. Com alguns erros como a generalização (sim, eu estou apontado), mas isso é relativo, é que eu não gosto de generalizar nada. Mas será que esse é um caso da parte (minoria) pelo todo (maioria)? Infelizmente, acho que não. Muitos estudantes (maioria) optam pelo curso de medicina pela ‘fama’ do retorno salarial bem gordinho e atrativo, se bem que não é mais tão gordinho assim, mas as pessoas insistem porque o pai ou a mãe, tia, vó, namorado querem que elas façam porque é bonito, é um sonho e blá blá blá(garanto que eles não morrerão se vocês escolherem suas próprias profissões). Enfim, mas ainda restam alguns (minoria) estudantes que querem fazer porque gostam, ou pelo menos acham que gostam. Sabe o que acontecem com eles? São corrompidos pelos outros que querem grana (às vezes elas não percebem, torna-se normal), assim como os políticos bonzinhos e de boas intenções (intenção nunca foi garantia de nada, quanto mais as boas. Como é mesmo que dizem por aí?Ah “o inferno ta cheio de…” deixa pra lá, odeio clichês) que quando conhecem o caminho mais rápido à “felicidade” vão conquistá-la, é… de maneira rápida e corrupta, pra variar. E aí, o que sobrou? Cadê os verdadeiros médicos? Aqueles que não se importam com o salário, não se importam de deixar suas casa e famílias pra cuidar dos doentes pobres. Eles não precisam nem ir até a África, aliás, aqui no Brasil temos um berço de necessitados. Cadê, hein? Não os acho. Opa! Parece que eu generalizei. Mas existe sim 3% de médicos aqui no Brasil, o resto são bastardos, impostores, ou melhor, criminosos. Eles matam todos os dias e não vão presos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: