A PIRATARIA LITERARIA PELOS OLHOS DE UM HOMEM DE LETRAS

     “Tudo vale a pena, se a alma não é pequena.” Mestre Pessoa que me perdoe, mas foi a primeira coisa que eu pensei quando li no Livros e Afins  uma matéria com um comentário do Neil Gaiman sobre a pirataria. Pirataria essa que, ele sabe, atinge o seu próprio bolso. Sem mais delongas, lá vai o que o Gaiman disse:

“O fato é que queiram – ou não – as editoras, os livros de Gaiman e de inúmeros outros autores estão disponíveis na rede – ainda que de forma ilegal. O perigo não está em livros serem lidos de graça. Mas neles não serem lidos”

     Não é de agora o sujeito é o meu herói. É sem dúvida um dos maiores e melhores escritores do nosso século. Ele deu um novo gás a todo o gênero de literatura fantástica, criou os super heróis mais divertidos, os mais filhos da puta e até identificou a cerveja sem álcool como um dos motoqueiros do apocalipse. Nem vou entrar aqui no critério de suas obras que foram plagiadas e acabaram virando best-sellers, mas envolve um garoto de óculos, mágica e uma coruja.

                Infelizmente ele ainda é daqueles autores considerados underground. Fora do mainstream da literatura por fugir do estilo romancezinho água com açúcar, os seus livros são propositalmente para um público que sabe e quer pensar. Quer expandir a mente. Um exercício que poucos estão dispostos a fazer.

                E convenhamos, falar de si mesmo na terceira pessoa é só pra quem sabe mesmo que é fodão e ponto.

Tags: , , , , , , , ,

9 Respostas to “A PIRATARIA LITERARIA PELOS OLHOS DE UM HOMEM DE LETRAS”

  1. Rosângela Monnerat Says:

    Sempre interessante!
    Sem sair da conta, em poucas palavras, gostei da reverência ao outro.
    Acho que a admiração é tudo de bom!
    Plágio, ao contrário, é coisa da inveja. E inveja a gente corta com a nossa natureza simples e boa, quando muito com “Espada de São Jorge”, “Comigo Ninguém Pode” e coisas assim, contra invejosos e afins.
    E que aos talentosos, sobre sensatez e muito mais o que escrever, mesmo que vítimas desta pequenez humana.
    Abraços aí!

    • Ricardo Jevoux Says:

      Obrigado Rosângela! Vc tirou a palavra que eu queria usar da minha boca. Admiração, é exatamente o que eu tenho para com o Neil Gaiman. Como autor e como ser humano. E acredito QUE é raro termos esses dois lados em tamanha valia.
      Agredeço mt às dicas para afastar a inveja e prometo passá-las ou Neil se um dia encontrá-lo, mas vou guardá-las na memória tb caso chegue o dia em que eu tenha o talento necessário para ser plagiado.
      Abraços daqui praí tb!

  2. danapeper Says:

    Não conheço muito bem dele, mas já subiu no conceito!
    Eu nunca li os livros dele, mas ja assisti alguns filmes (Coraline por exemplo, eu acho PERFEITO!) e sou doida pra ler os quadrinhos de Sandman, mas por falta de tempo nunca tive oportunidade…
    Vou ver se desenferrujo o inglês lendo alguma coisa dele!
    Alguma obra especial que você indica? =)

    • Ricardo Jevoux Says:

      O Coraline é d+. Me diverti mt vendo.
      Indicação? Vejamos. O Sandman é um dos melhores trabalhos deles, se não o melhor. Tem de tudo um pouco, comédia, drama, suspense, ação, quase um épico. Mas é um pouco grande, são 75 revistas. O Constantine (Hellblazer o nome da revistinha) teve algumas, não todas, escritas pelo Gaiman tb.
      Ainda em quadrinhos, se vc for fã de super-heróis, tem a mini série 1602 em 4 edições que são o máximo.
      Para desenferrujar o inglês, ao invés de quadrinhos, o livro Caçadores de Sonhos (The Dream Hunters) pode ser uma boa idéia, é do Gaiman, mas contém ilustrações do Yoshitaka Amano. A história tb tem o Sandman como personagem mas é baseada em uma lenda japonesa. Imagino que seja até mais fácil de ler que alguns dos quadrinhos dele, e com certeza é mais rápido, caso tempo seja um fator importante.
      Se livro, livro mesmo for uma opção tem o Belas Maldições (Good Omens) que é sensacional, vc vai rir do início ao fim, ou o Deuses Americanos (American Gods) que é para pensar na nossa sociedade.
      Ah, agora eu até lembrei, o filme Stardust de 2007, foi escrito por ele tb. Se vc não viu vale mt a pena! Tem vários atores famosos e não foge das loucuras características do Gaiman. O livro no qual o filme foi baseado, eu não cheguei a ler, mas como todo livro que acaba virando um filme, é possível que seja melhor.

      Ai caramba, eu acho que exagerei…
      É isso que da pedir dica pro fã de carteirinha do cara, vc ganha um bilhão de recomendações. lol
      Só pra constar, então uma recomendação final. Se vc tiver tempo pra ler algo mt grande, leia Sandman, depois leia todo o resto. Pronto, acho que essa pelo menos foi uma recomendação definitiva. ahha

      Divirta-se e boa leitura! =)

      • danapeper Says:

        Nossa! Obrigadão pelas indicações Ricardo!
        Eu realmente acho que vou ler Sandman, sempre quis ler, só me falta tempo!
        Acho que vai ser promessa que vai ser cummprida só proximo ano mesmo! Hahahahahaha!

  3. Willy Barp Says:

    aheuhaeiuhe
    O post tava excelente, mas os comentários estão melhores! ahiuhaei Acho que vc deveria ter colocato tudo no post. Mto informação maneira… Mta coisa que eu conhecia mas nem sabia que era de Neil Gleiman =D
    Vivendo e aprendendo!!!
    *** tá catalogado na minha lista de “pra leirura”
    (!!!)
    Abraço!

  4. Ju Says:

    Boas dicas.. muito bom post e ótimo blog! :)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: