Posts Tagged ‘Empregos’

SALÁRIO (MISÉRIA) MÍNIMO

agosto 13, 2009

     Gostaria muito de saber como é calculado o valor do salário mínimo. Suspeito que seja só um número aleatório, devaneio de algum político, talvez do presidente, em discussão com algum ministro, ou a sua mulher, ou seu psicólogo. Sei lá.

Uma cesta básica.

Uma cesta básica.

     Eu sei, porém, como se calcula a cesta básica. Se não me engano, a definição correta de uma cesta básica é “o essencial para a sobrevivência humana no tempo de um mês”. É claro que, a tal cesta só incorpora as necessidades do estômago, e o salário mesmo deve ter também em seu cálculo coisas como vestuario, higiene, educação, transporte e trocentas outras coisas mais. A cesta básica mais cara do Brasil, pelo menos até o mês pasado era a de Porto Alegre, R$ 237,45. O interessante é que em lugar algum eu achei a indicação de para quantas pessoas a cesta básica é indicada. Qual o tamanho da família que deve comsumir isso? Para um solteirão eu imagino que baste, tá tranquilo, mas e para as famílias de 15, 20 pessoas que existem pelo país afora? Será que fica apertado?

     Bem, mesmo não descobrindo de onde vem o valor do nosso saláio mínimo, que atualmente é de R$ 465,00 de acordo com a lei 11.944 de 2009, descobri que o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) em estudos, verificou que o custo de vida básico para o trabalhador caiu (sim, CAIU) para R$ 1,994,92 em julho. Isso levando em conta todos os fatores que eu citei acima, para a família toda e novamente, não especificado o tamanho da família. De qualquer forma, só um pouquinho mais que 4 vezes o salário mínimo atual.

     Quer dizer, nem para todos. O Portal Brasil disponibiliza uma pequena lista com os salários mínimos para áreas específicas dos estados do Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo. Fora a história do salário mínimo, que é hilária, no mínimo, mas isso eu deixo pra curiosidade alheia. Mas o Portal mostra algumas profissões que possuem um mínimo um pouco maior, mas nenhum chega perto ainda do ideal, que seria aquele que o Dieese anunciou.

     As implicações disso são muito simples. Você mal ganha o suficiente para comer, então acba portanto não tem tempo para pensar e se não pensa, não enxerga a bosta que está o nosso país. Toda a cagada que o nosso governo esta fazendo por aí. É um ciclo vicioso muito bem arranjado, deve adimitir.

     A prova disso, é que nem na cesta básica nem no salário mínimo está incluso o termo “cultura”. A cesta básica só tem comida e o salário chega a englobar “lazer”, será que alguém acha que cultura é mero lazer? Seria no mínimo revoltante.

     Lazer é quando você viaja com a família pra curtir foundue na serra, lazer é pra você senta no bar e tomar a cerva da semana ou até ir ao clube curtir uma piscina.

     Cultura é Kafka! Virginia Woolf! Vinícius! Verisimo! Cultura é ir à uma peça de teatro inspiradora. Ou assistir a um filme do Jim Jarmusch, do Tarantino e do Orwell. ISSO é cultura. Isso não só inspira, como mexe com o sentido crítico e educa, e eu afirmo com convicção que, se as crianças fossem apresentadas a esse pessoal, dentre outros, logo cedo, não precisariamos de escola. Escola seria um lugar que você vai quando você já tem certeza do que quer da vida e só quer se especializar em seja lá que diabos você quer fazer da sua vida.

     Mas infelizmente, continuamos a ser tratados como gado e nem percebemos, só seguimos a manada e buzinamos quando alguém pára no sinal por muito tempo. Esse é o ápice da revolta que o brasileiro aparentemente consegue expressar.

Anúncios

ÀQUELES DA “VIDA FÁCIL”

julho 22, 2009

     A indústria ponográfica nos dias atuais é uma maquina gigantesca que gera empregos e trabalhos em todo o globo. Sustenta famílias, cria suas próprias estrelas, projeta toda uma gama de marketing, público e organização próprios. Pra falar a verdade, todo o que se vê livremente nos meios de comunicação que vem seja de Hollywood ou de independentes, pode-se encontrar também sobre o pornô. Eles até possuem uma festa do Oscar só deles.

     Isso tudo, não exclui o fato de que a vida das atrizes e dos atores que pertencem à esta área de atuação. Não que o resto da cadeia navegue em um mar de rosas, não. Suas vidas, seus empregos provavelmente possuem um teor de desafio a cada dia, mas, absolutamente, aqueles que estão ali, diante das câmeras, estes são os que mais sofrem.

     Os veteranos possuem certas regalias, já os novatos não. Estes são postos a prova a cada tentativa de avançar outro passo ao estrelato. Alguns são beneficiados por experiências anteriores ou pela mídia convencional e pulam todas as etapas, como os travestis que… ahn… jogavam buraco com o jogador de futebol Ronaldo atualmente no Corinthias.

     Pra falar a verdade, eu conheci um cara uma vez que tomou um rumo diferente. Cansado de ter que se humilhar fazendo… jogando buraco, ele se especializou na área menos conhecida desse ramo. Os produtos. Como manequim de camisinhas ele se saiu muito bem e hoje em dia vive uma vida confortável na Grécia. Foi tão bem sucedido como manequim que foi chamado pra fzer propagandas sobre a AIDS ao redor do globo e até acabou virando modelo em um desfile em Toronto.

     Como eu disse, ele vive tranquilamente hoje em dia, com a vida ganha. Mas infelizmente nem tudo são flores na vida (de Joseph Climber). Todos os anos gastos com… carteado, o alcançaram e ele descobriu que foi acometido por um tipo novo de sífilis autamente raro, só visto em antes em um outro paciente. Esta nova doença dificultava muito suas ereçôes, o que fez com que toda sua carreira como manequim desmoronasse.

     Não fosse é claro a empresa nipônica KitSack produtora das camisinhas Kit Kat, uma linha voltada para menores de idade. Por ser uma antiga empresa de bomboms de chocolate e ainda possuir os direitos da marca, esse é o mais famoso formato da linha. 

Oscar da Indústria Pornô

Oscar da Indústria Pornô

O GUARDA-COSTAS

julho 19, 2009

     Ser um guarda-costas é uma escolha de profissão incrível. Ora, muitas são as habilidades necessárias para tal empreedimento. Experiência militar é bem-vinda. Aparentemente problemas psicológicos como baixa estima também.

     Pois eu digo, em uma profissão onde você precisa doar a sua vida em troca de uma outra, isso sem dúvida requer que você valorize sua vida menos do que a de quem será protegido. Bem, não necessariamente, pois doar a vida é apenas um modo de falar, esses serviços são na verdade bastante custosos então há também aquelas pessoas que supervalorizam suas vidas e pagam verdadeiras fortunas por alguém que a ajude a driblar a morte ou aquelas que vêem a necessidade de proteger apenas parte do seu corpo, sabe como é, aquelas partes mais importantes. Houve boatos de que a Carla Perez contratou os serviços de um guarda-costas para o seu instrumento de trabalho em seus tempos áureos.

     Seja como for, eu conheci uma vez um guarda-costas que era mais inteligente que a maioria. Com família, filhos e uma hipotéca que ele não podia atrasar de jeito nenhum, ele criou um método para garantir a continuidade de seu trabalho e, de quebra, da sua vida.

     Com anos de vivência no ramo de proteção privada, meu conhecido, quando chamado para protejer um cliente, buscava no ato sua carteira de amigos para ele mesmo, chamar seu guarda-costas. Ele então se sentia mais tranquilo para realizar seu trabalho, aumentando assim sua atenção e eficiência no dever.

     Ele até hoje atua no ramo, com um currículo impecável, jamais perdeu nenhum cliente.

     Infelizmente, já perdeu algums amigos em serviço.

O guarda-costas do guarda-costas.

O guarda-costas do guarda-costas.